Segunda-feira, 11 de Junho de 2012

Propósito desta caminhada…(I)

 

 

 

Todos nós temos amarras que nos impedem de sermos quem realmente somos….

Se nos libertarmos delas, mostraremos o nosso “eu” verdadeiro…

 

Porque criámos essas mesmas amarras?

Por medo!

Criámo-las porque a nossa mente “disse” serem necessárias para nossa própria defesa…

Cada nova amarra que íamos criando, mais afastados íamos estando de nós mesmos…

Com elas fomos reinventando um novo indivíduo bem diferente daquele que eramos…

Com o passar do tempo, fomo-nos habituando a viver a vida que criámos…

Agora, com todas as amarras a prenderem-nos a essa mesma vida, parece-nos impossível encontrarmos novo caminho…

 

Não devemos olhar para a vida que levamos com desagrado…

Temos de nos lembrar que em algum momento da nossa vida, tomámos o caminho que nos levou a ela…

Vivemos a vida que um dia decidimos ser para nós…

Temos de ter bastante paciência pois já a vivemos há bastante tempo…

Se ainda não a mudámos é porque, por algum motivo, ainda estamos presos a ela…

Devemos então aceita-la tal como é…

Devemos aceitar as coisas…simplesmente porque neste momento…estão assim…

 

Mesmo em consciência, a vida parece ser dura…

Depois…à medida que formos conseguindo vivê-la como realmente aparenta ser…torna-se bem mais aceitável…

Quando realmente a aceitamos tal como é, olhamo-la com outros olhos e, só aí é que observamos a sua verdadeira beleza…

 

Um dos maiores problemas do ser humano é encarar a verdade…como uma ofensa…

O nosso cérebro está “programado” para reagir à verdade com desconfiança…

Enfrentá-la-á como que de um inimigo se tratasse…

Reagirá contra a todas as tentativas de provação dessa mesma verdade…

Como tal, a única forma de fazer com que o nosso cérebro a aceite é na ausência de conflito…

Quando aceitamos as coisas em consciência estamos a isolar o ego da nossa mente…

Sem o seu parceiro, a mente perde força…libertando desta forma o nosso cérebro…

Desta forma conseguiremos aceitar mais facilmente aquilo que teremos para aprender…

 

Sei que se continuar confrontando a nossa mente, ela arranjará forma de tentar fugir…

Mas teremos de ficar conscientes de que não conseguimos fugir e aprender…ao mesmo tempo…

Quando aprendemos, não deveríamos ter alguma necessidade de fugir…

 

Fiquem bem…

 

 


publicado por Agora às 08:53
link do post | comentar | favorito

.Mais...


. Perfil...

. Adicionar...

. 7 seguidores

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
21
22

23
29

30


.Momentos mensais...

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.Momentos...

. Doenças degenerativas - O...

. Doenças degenerativas - O...

. Doenças degenerativas - O...

. Doenças degenerativas - O...

. Doenças degenerativas - O...

. Trocas Energéticas...(VI)

. Trocas Energéticas...(V)

. Trocas Energéticas...(IV)

. Trocas Energéticas...(III...

. Trocas Energéticas...(II)

. Trocas Energéticas...(I)

. Reencontro...

. Quarta etapa...(IV)

. Quarta etapa...(III)

. Quarta etapa...(II)

. Quarta etapa...(I)

. Terceira etapa...(VI)

. Terceira etapa...(V)

. Terceira etapa...(IV)

. Terceira etapa...(III)

. Terceira etapa...(II)

. Terceira etapa...(I)

. Segunda etapa...

. Primeira etapa...

. Preparação da caminhada.....

. Preparação da caminhada.....

. Preparação da caminhada.....

. Preparação da caminhada.....

. Propósito desta caminhada...

. Propósito desta caminhada...

. Propósito desta caminhada...

. Caminhada em busca de mim...

. Caminhada em busca de mim...

. Caminhada em busca de mim...

. Respostas - Livre Escolha...

. Respostas - Livre Escolha...

. Respostas - Livre Escolha...

. Respostas - Livre Escolha...

. Perguntas - Livre escolha...

. Análise – Resumo…(V)

. Análise – Resumo…(IV)

. Análise – Resumo…(III)

. Análise – Resumo…(II)

. Análise – Resumo…(I)

. Análise – Mudança…(V)

. Análise – Mudança…(IV)

. Análise – Mudança…(III)

. Análise – Mudança…(II)

. Análise – Mudança…(I)

. Análise – Indecisões…(II)